20 de setembro de 2018 Notícias

É isso aí. Os "fãs"conseguiram. A gente ia ter todo ano um filme de Star Wars. Por conta da má repercussão entre vários fãs por conta dos acontecimentos de Star Wars - Os Últimos Jedi e o decepcionante resultado nas bilheterias de Han Solo - Uma História Star Wars, a Disney resolveu tirar o pé do acelerador da produção de filmes do universo. 

O site THR falou com o CEO da Disney, Bob Iger, e perguntou sobre o plano original de lançar um filme de Star Wars todos os anos. Ele admite que a decisão de empurrar tal padrão foi um erro e confirma que eles podem tirar o pé do acelerador um pouco.

Qual seria exatamente o plano ainda não foi divulgado ou conhecido, mas parece que depois de Star Wars: Episódio IX chegar aos cinemas no ano que vem, não há garantia de que outro filme de Star Wars chegue em 2020. "Tomei a decisão e quando olho para trás, acho que o erro que cometi - assumo a culpa - foi um pouco demais, rápido demais. Você pode esperar alguma desaceleração, mas isso não significa que não vamos fazer filmes. J.J. [Abrams] está ocupado fazendo [Episódio] IX. Temos entidades criativas, incluindo [os criadores do Game of Thrones, David] Benioff e [D.B.] Weiss, que estão desenvolvendo suas próprias sagas, sobre as quais não fomos específicos. E estamos apenas no ponto em que vamos começar a tomar decisões sobre o que vem depois do J.J. Mas acho que vamos ser um pouco mais cuidadosos com volume e tempo", declarou Iger.