01 de fevereiro de 2018 Notícias

Antes que comecem a dizer qualquer coisa, a fonte da notícia é essa aqui.

Parece que a internet continua sendo um antro de pessoas desocupadas cheia de ódio. Segundo o ScreenRant, um grupo de fãs irritados da DC planeja sacanear e alterar a pontuação do público do filme Pantera Negra no site Rotten Tomatoes. A ideia é só diminuir o sucesso do filme mesmo, apesar de haver também uma ideia cheia de preconceito aí.

Pantera Negra não é só mais um filme. Assim com Mulher-Maravilha, é uma chance de pessoas da raça negra se sentirem representadas nos filmes que hoje rendem mais dinheiro para a indústria de cinema: os filmes de super-heróis. A Marvel está na fase final de promoção do filme que pode ser tão impactante para a população afro descendente. 

Além de ser elogiado pela representatividade, o filme tem feito sucesso junto aos críticos e audiência que tem assistido a ele em pré-estreias ao redor do mundo. Mas parece que tem uma galerinha que tem retenção anal que quer promover só o caos.

A conta de Twitter @MarvelousRealm compartilhou um post preocupante feito no Facebook por um grupo que quer fazer o possível para acabar com o sucesso de Pantera Negra. O grupo, que parece ter 2 mil membros até o momento, planeja dar ao filme uma nota ruim no site Rotten Tomates, em forma de "protesto" com que os filmes da DC tem sido tratados. Mas é ser muito cretino, não é?

Além disso, planejam espalhar spoilers para toda a comunidade de nerds e fãs da Marvel, só para gerar o ódio.

Pensar que um grupo de fãs de quadrinhos sejam capazes de se organizar pra fazer uma pataquada dessas já é difícil de acreditar. Depois de tanto tempo que passamos sem filmes decentes de super-heróis por todos os anos 80 e 90, pensar em não comemorar o sucesso de qualquer filme de super-herói é algo impensável. Mas a coisa piora. Existe um subtexto muito preocupante nesta "simples" atitude. O filme em questão.

Pantera Negra deveria ser celebrado não só por ser um filme de super-herói, mas pelo destaque que tem dado para a pluralidade racial, colocando um herói negro como protagonista de um dos filmes mais aguardados do ano. Fora que a maior parte do elenco também é afro-descendente. Ao invés disso, o grupo planeja promover o ódio utilizando o filme como meio disso. É inacreditável o nível de falta de louça pra lavar dessas pessoas.